Meninas Safadas = Tráfico Sexual?

 Nosso NOVO endereço é: www.experienciamagica.com/alistamento
Obrigado e Fique na PAZ!

Vou colocar aqui dois começos de textos para apoiar o site SEXXCHURCH. Não esqueçam de comentar, é muito importante para nós.

O PRIMEIRO: MENINAS SAFADAS

O último lugar em que você esperaria ver um pornô seria na sala de estar de um pastor.

Mas entre o retrato quebrado de Natal da minha família e uma impressora matricial ficava a tela de um computador. Mal eu podia saber que o lugar onde eu digitei relatórios de livros ou mandei mensagens instantâneas aos amigos também se tornaria a porta para uma quantidade interminável do fruto proibido – e uma quantidade sem fim de culpa.

Crescendo como a filha de um pregador Batista, eu era o retrato de 16 anos de idade da ingenuidade. Minha família havia recém se mudado de uma pequena e isolada cidade no oeste do Texas para Dallas, e em questão de dias em minha nova residência, fui bombardeada pela prevalente cultura sexual de uma grande cidade.

Clubes de strip e cartazes acompanham as rodovias. Havia um sex-shop gigante a poucos quilômetros de nossa casa. Hormônios adolescentes inflamados e à tentação de me deixar levar pela minha curiosidade revelou – se uma combinação perigosa.

Meus pais e meu irmão adormeceram rapidamente enquanto eu conectei à Internet uma noite. Eu busquei a palavra “sexo” e em segundos tive acesso a um mar de loiras prateadas bem dotadas fazendo coisas com rapazes (e mulheres) que eu nunca havia visto antes.

Por morar em casa e o único computador estar na sala, não havia muitas oportunidades para fazer minha “pesquisa de educação sexual”, mas sempre que eu estava sozinha, eu rapidamente satisfazia meu interesse.

>> Leia o texto completo aqui.

O SEGUNDO: TRÁFICO SEXUAL

Mais de um milhão de mulheres trabalham como escravas sexuais para redes internacionais de tráfico de pessoas, segundo estimativas da Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgadas em 2005.

Muitas são atraídas com promessas de casamento e melhores oportunidades de vida, e acabam nas mãos de aliciadores em cativeiros na Ásia e na Europa onde são forçadas a se prostituir.

Segundo os dados de 2005 da OIT, o negócio da exploração sexual e outros tipos de trabalho forçado geram lucros de US$ 31,6 bilhões por ano.

Na ponta do esquema, estão aliciadores, na maioria das vezes, da própria comunidade em que elas vivem. No Brasil, um ‘olheiro’ ganha cerca R$ 600 por “escrava”, segundo os cálculos dos serviços de assistência a vítimas.

Não há estimativas sobre o número de brasileiras escravizadas no exterior. Mas só em Portugal, autoridades estimam que cerca de quatro mil sejam vítimas de redes de prostituição. As rotas de tráfico do Brasil levam, principalmente, à Espanha, mas também à Holanda, Itália, Suíça, Alemanha e França.

A experiência da pernambucana Elaine* incluiu os três últimos países em menos de vinte dias: “Fui a primeira mulher a ser registrada em Pernambuco como ‘vendida’”, ela disse à BBC Brasil, sem orgulho na entonação.

>> Leia o texto completo aqui.

3 Respostas para “Meninas Safadas = Tráfico Sexual?”

  1. Será que tem alguma ligação, a pornografia da internet com o tráfico sexual? De alguma forma acho que sim, mas sinceramente não sei dizer os limites ainda.

    Comentem também, deixem suas opiniões, é muito importante!

  2. Carlos Jarbas Diz:

    Lucas em primeiro lugar a banalização do sexo é algo que deve ser discutido. A perca de valores e o início cada vez mais cedo das atividades afetivas tornam o adolescente vítima de sua própria e natural curiosidade. Cabe aos pais ou amigos verdadeiros um diálogo franco. O estado deveria observar com mais cuidado os desafios do mundo virtual e punir com severidade os abusos cometidos. Um abraço meu amigo. Ei talvez sábado eu passe aí no Industrial.

  3. Beleza! Vejo também que é por ai, pois a Biblia fala: ensina o caminho que teu filho deve andar, desde pequeno, para que até na velhice não se desvie dele! Pv 22:6

    Se der a gente se anecontra no sábado!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: