Paulo, O Rancoroso

Nosso NOVO endereço é: www.experienciamagica.com/alistamento
Obrigado e Fique na PAZ do Senhor!

 

Ai ai ai seu Paulo… Deixe de ser tão rancoroso. Só porque o Marquinho quis seguir outro caminho uma vez, você não quer mais andar com ele? Pois saiba que ele vai te fazer muita falta e no futuro você verá. Que apesar de sua fraqueza naquele dia, muito valoroso lhe será.

Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu, isso é normal. E seu Paulo aprendeu às duras penas como ser um humano de Deus.

Muitas vezes não queremos aceitar as fraquezas dos outros naquele instante, mas devemos ter paciência e confiar no Senhor. Só Ele sabe o que cada um passa e o que cada coração sente. Queremos ver nos outros o que somos e isso é normal. Paulo naquele dia não disse nada, mas guardou rancor. Marcos os havia deixado em Panfília, mas tempos depois já em Antioquia, Paulo brigou com Barnabé por causa desse mesmo motivo, ele não havia esquecido.

Ai ai ai seu Paulo… Nem se deu conta naquele dia que precisaria de Marcos mais uma vez. No final só o médico Lucas estava ele. Praticamente sozinho então reconheceu: “Trazei-me Marcos contigo, pois ele é muito útil pro que Deus me deu.” (2 Tm. 4:11). Isso é normal e Deus sabe disso, tanto que havia preparado Paulo para aquele momento.

O Senhor faz assim, nos compreende como somos. Aceita nossas fraquezas e limites. E ainda nos confia tamanha responsabilidade.

Confiar no Senhor é isso. Não saber pra onde vamos, só aonde queremos chegar. Mas Paulo se doou ao Senhor e o Senhor o restaurou. Permitiu que o perdão entrasse em seu coração e reconheceu o erro de então.

O Senhor sabia que Marcos não estava pronto, mas Paulo não. O Senhor sabia que Marcos, apesar de sua fraqueza, seria útil, mas Paulo não. Porque Paulo olhava com os olhos da carne, não via a mão do Senhor ali. Olhava com um olhar humano e limitado só viu a crise e, enfim, desabafou. Isso é normal. O Senhor sabe de nossos limites e de nossas fraquezas faz fortaleza.

Naquela hora nem Paulo, nem Marcos estavam certos. E o Senhor sabia. Era preciso tempo, treinamento para que chegassem ao ponto certo da reconciliação. É o que o Senhor faz conosco. Nos traz ao ponto certo todos os dias. Desde que estejamos disponíveis para ele nessa Batalha. Aliste-se já! Isso é normal.

Que Deus te abençoe! Fique na PAZ!

Anúncios

3 Respostas to “Paulo, O Rancoroso”

  1. Paulo sempre me pareceu um homem forte e decidido, e tendemos a pensar que os Apóstolos eram super-homens, sem defeitos e perfeitos na fé. Mas revendo os textos de Atos encontrei uma de suas fraquezas, como essa do texto acima. Isso mostra que como ele, apesar de nossas limitações, podemos transformar o mundo em que vivemos e as gerações futuras. Acho que o que nos falta é FÉ para nos lançarmos definitivamente através do Reino e pelo Reino, nos assumindo verdadeiros ministros e propagadores do Evangelho, coisa que realmente somos! O que acham?

  2. Carlos Jarbas Says:

    Lucas guardando as devidas proporções Paulo era semelhante à irmã Vicentina (lembra?). A força de caráter afasta alguns. O que importa é o resultado de sua obra evangelizadora. Imagino que o apóstolo era um homem reservador e talvez por isso tivesse poucos amigos.

  3. Lembro sim! Mas o que quero dizer é devemos entender que Paulo era um homem comum como nós somos. Então por que não conseguimos fazer nem metade do que ele fez? O que nos impede? Como falei no meu primeiro comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: